terça-feira, março 14, 2006

A Alegria do Ser, pode-se revelar numa tristeza!

Há dias em que me apetece gritar de alegria e de tristeza, da alegria que em dias tive e agora, por vezes, revela-se em tristeza, em mágoa, por ver quem nem todos nós somos simples e modestos e temos a capacidade de ajudar ou encaminhar os outros.
Os dias de Técnico foram maravilhosos posso dizê-lo...Houve sempre amigos com uma mão a estender e eu própria gostava de estender essa mão sempre que possível!
Nos dias de hoje vejo que nem todos temos essa capacidade. Neste momento da minha vida penso que, de uma forma geral, todos os engenhocas, têm e gostam de ter a capacidade de ajudar os outros. Ao ajudarmos os outros as coisas na nossa cabeça tornam-se mais claras e solidificam, ganhamos com isto "pernas para andar". Ás vezes, apetece-me gritar e abanar as pessoas para que abram os olhos e vejam que não perdem nada com estes pequenos gestos...só ganham.
Não se assustem com este momento pois estou a tentar esquece-lo e ultrapassá-lo. Hei-de crescer com isto e tornar-me como os outros...NÃO QUERO E VOU TENTAR IMPEDI-LO AO MÁXIMO!