quinta-feira, setembro 29, 2005

O tempo...

"Perder tempo em aprender coisas que não interessam, priva-nos de descobrir coisas interessantes."
Autor: Drummond , Carlos

"Jamais me submeterei às horas: as horas foram feitas para o homem, e não o homem para as horas."
Fonte: "Gargântua"
Autor: Rabelais , François


A perspectiva em que acenta a primeira citação foi-me colocada ainda há relativamente pouco tempo, por um familiar chegado, mas ausente em presença física. Uma pessoa que se parece preocupar! Às vezes, também eu penso se as coisas se vão desenrolar como eu imagino…Bem, como me disseram ontem, mas não só ontem, um dia de cada vez. Eu hei-de evoluir, demore o tempo que demorar, e seja em que sentido for…

A segunda citação é óptima, mas segundo a nossa sociedade não pode ser levada à risca no nosso dia-a-dia…E penso que foi contrariando esta situação que foi possível constituir esta sociedade…O tempo e as horas é algo a que estamos dependentes para fazer a maioria das coisas, excluindo a felicidade…Pelo menos, são nos momentos de fascínio que mais esqueço as horas. Nos dias que correm penso que perco muitos destes momentos devido às horas…

2 Comments:

At 2:14 da tarde, Blogger xipsocial said...

O tempo é a medida universal dos acontecimentos, se o limitarmos influenciamos os acontecimentos.
Se o tempo é curto para um dado acontecimento, este tenderá a não ter o resultado mais perfeito.
A nível atómico, também os átomos necessitam de tempo para se organizarem perante acontecimentos exteriores.
A velocidade incrível a que se processam os acontecimentos na actualidade, deve ser também uma das causas dos erros de percurso da humanidade!

 
At 12:42 da tarde, Blogger Salma said...

O importante é não deixar o tempo passar sem nos darmos conta. E aprender. E aprender-nos.

 

Enviar um comentário

<< Home